Solitária pode subir para a cabeça



MENTIRA!
     Essa é mais uma das enormes confusões feita pelas pessoas. “Solitária” é um apelido dado a um verme achatado chamado “Tênia”, e recebeu esse nome por ser encontrado, quase sempre, sozinho no intestino do hospedeiro. Há duas espécies de importância clínica para os humanos, que são: Taenia solium (encontrada na carne de porcos contaminados) e Taenia saginata (presente em carnes bovinas contaminadas). Nos humanos, a T. saginata causa a teníase (ou solitária), enquanto a T. solium, além desta doença, causa também a cisticercose.
     A teníase surge quando o homem ingere carne de bovinos ou de suínos contaminada com larvas (chamadas “cisticercos” e conhecidas como “canjiquinhas” ou “sapinhos”) de Tênia. No intestino delgado do homem uma delas se desenvolve, originando um verme que tem em média 3 a 4 metros de comprimento, mas que pode chegar a incríveis 10 metros! Assim, nem precisa de maiores explicações para convencer que um “bicho” deste tamanho não poderia subir à cabeça, né? E surpreendente é que, embora possa surgir diarréia, fome intensa e irritação, muitas vezes o indivíduo portador do verme não apresenta sintomas.
     A cisticercose é outra doença, de maior gravidade, que é causada pela ingestão de ovos de Taenia solium. Esses ovos são encontrados em alimentos ou água contaminada, ou ainda podem ser os ovos da tênia do próprio doente, comum em pessoas que não têm uma higiene adequada (exemplos: não lava as mãos após defecar e passa um dedo na boca; lava as mãos, mas tem contato com a torneira, com a toalha ou com a porta do banheiro, que estão com ovos).
     No intestino, os ovos liberam embriões, que invadem vasos sanguíneos e percorrem toda a circulação, podendo entrar nos músculos, nos olhos ou no cérebro (causando a neurocisticercose). Dessa forma, os sintomas são muito mais severos, podendo causar cegueira, afetar movimentos de músculos ou causar sérios problemas neurológicos, com convulsões e dores.
     Resumindo: larvas de tênia ingeridas desenvolvem-se no intestino e causam a teníase (solitária); se a ingestão for de ovos de tênia, haverá a liberação de embriões, que são bem pequenos e entram no sangue, causando a cisticercose. Assim, o que “sobe para a cabeça” são os embriões bem pequenos da tênia e não, o verme adulto (solitária).

Obs: A alta temperatura é capaz de destruir as larvas, portanto, é importante não ingerir carne mal passada (principalmente quando não se conhece a sua origem) e jamais consumir carne crua. Para evitar a teníase (solitária) deve-se lavar bem os alimentos e não levar às mãos à boca.

Autor: Wésley de Sousa Câmara