Corpo estranho na orelha


Sobre corpos estranhos na garganta, leia: "Engasgo".

Sobre corpos estranhos nos olhos, leia: "Corpo estranho nos olhos".

Sobre corpos estranhos no nariz, leia: "Corpo estranho no nariz".


     Insetos, grãos, brinquedos, entre outros objetos, podem penetrar na orelha, principalmente de crianças. Portanto é necessário saber agir nesses momentos. Todo cuidado é pouco nesse socorro, pois uma ação errada pode danificar o aparelho auditivo da vítima.
     Em primeiro lugar, jamais use qualquer instrumento (pinças, palitos, grampos, agulhas, cotonetes) na tentativa de remover o corpo estranho da orelha. O uso desses materiais cabe apenas aos profissionais treinados. Mas o que fazer então?
1 - Deite a vítima de lado, com o ouvido afetado para cima.
2 - Se o objeto estiver próximo à superfície, tente retirá-lo com os dedos, com muito cuidado para não empurrá-lo para dentro.
3 - Se não visualizar o corpo estranho ou se ele estiver muito profundo, procure ajuda médica.
     Caso seja um inseto que tenha entrado na orelha (e esteja vivo), procure um ambiente escuro, ligue uma lanterna bem próximo da entrada do canal auditivo e deixe por alguns minutos. A luz pode atrair o inseto para fora. Se não funcionar, procure um médico.


Autor: Wésley de Sousa Câmara

Referência:

Manual de primeiros socorros. Fundação Oswaldo Cruz.